fevereiro 09, 2006

pablo amargo













Quando fala de si, Pablo Amargo é muito parecido com os seus trabalhos gráficos: preciso, económico, claro e profundo. É um perfeccionista muito lúcido.
É um privilégio reencontrá-lo, desta vez com tempo a sério para deixar correr a conversa.
O Pablo orienta um curso sobre ilustraçao ( e nao de ilustraçao ) estes dias por aqui. Hoje, como estou livre a essa hora pedi-lhe para assistir. Pela pertinência, actualidade e rigor do que espreitei ontem na sua sala de trabalho, ainda por cima sobre um tema que me é tao caro e que é raro ver tradado assim, tenho a impressao que lamentarei muito os outros dois dias e o amanha em que nao pude/poderei estar.
ps. continuo sem tils, mas neste outro computador já consigo mais ou menos fazer parágrafos :)

2 comentários :

125_azul disse...

fui ver o Pablo amargo e suas razões para não ser dulce, que são 56. Eu sou dulce, por uma razão só, porque sim!
mas ele, mesmo amargo, é delicioso. parabéns, espero que ontem tenha corrido bem.

angela disse...

Pablos e Dulces, doces e amargos, me sabem a Campari!
E... que cor maravilhosa!
E o desenho do Pablo? Que traço tão belo e criativo! Que bom existir Dulce que me apresenta Dora que me mostra Pablo! Que mundo rico é este em que vocês vivem... todos se dão conta?
Dêem graças!