fevereiro 14, 2006

o jardineiro que plantava nenúfares


foto: ParkeHarrisson

5 comentários :

Angela disse...

Linda foto, belo título. Além das pontes, como se chamam os Nenúfares que nascem nas lágrimas?

Anónimo disse...

Desde que li a Bruma que não consigo deixar de associar nenúfares dentro de pulmões. Sabes, os nenúfares devem estar sozinhos no jardim, caso contrário as outras flores matam-nos. De facto nunca compreendi se se trata de ciúme ou de algum outro processo electroquímico.

isaac

dora disse...

Não há processo electroquímico mais poderoso que as emoções... por isso, se calhar, são mesmo ciúmes.
Mas também acho que os nenúfares precisam e vão à procura do seu espaço - líquido, redondo, seguro sobre a não forma da água...
só ai se abrem, límpidos, ao mundo.

Não conheço esse livro, de quem é?

Hanah disse...

Tudo muito lindo neste blog...

Muito singelo...

Legal ter te encontrado...

Sara Aguilar disse...

Obrigada, Dora... pelo lado doce da vida!