maio 18, 2006

intimidade...

















img de Karine ( trabalhada )
... como traduzir este espaço quente, se respira no silêncio anterior e depois de todas as vozes, e é palavra apenas quando se conjuga no verbo ser ( plural ) ?

6 comentários :

miguelito disse...

adorei a cruz... mesmo ao meio do quadrado... belíssimo...

kikazinha disse...

Pro debaixo, adoro a MUJI! Já há em Barcelona!

Prefiro o NERO ao Starbucks é mais jazzy e dá para fumar.Vou a Londres, é isso?
Em Setembro,vens comigo Dora B?

jantar amanhã às 21h.Espero por ti:)

Anónimo disse...

Da ordem do tangível: o cabelo em desalinho, um sinal, escovas de dentes, borbulhas, dormências, um perfume, dois pijamas, três pares de meias desemparelhadas, gemidos, silêncios, sussurros na penumbra, palavras a mais, palavras a menos, o jogo dos possíveis, unhas dos pés, os pés, a luz da tarde coada pelos estores, o suor, a penugem da pele vista de perto, a tristeza, a alegria, o medo de não ter medo, o rio, o riso, a vida. A intimidade é um fenómeno emocional total.

Efe+i

125_azul disse...

Chegou uma mensagem numa garrafa, veio lá do sul, de Fábia para Dorab, uma caixinha prateada. Sou portadora, pronta para um encontro feliz.Bom quando a intimidade não intimida!

katraponga disse...

A palavra mais íntima que conheço é nós...


Para a semana vou estar em Barcelona e a Muji vai ser visita certinha! E logo na Rambla... Barcelona, com et trobo a faltar...

bobi disse...

:)