maio 07, 2006

colecção de borboletas


A escrita é, na maioria das vezes,
uma colecção de borboletas presas com
alfinetes.
img: acknowledge

8 comentários :

UrsaM disse...

Será que na fala elas esvoaçam?
e quando lagartas? seria o elaborar o pensamento?

Anónimo disse...

O post anterior, o dos pássaros, lembra-me Matisse pelas curvas dos galhos, pelas cores, pelas formas...
Este das borboletas recorda-me que no planalto central de Angola, borboleta é tchimbiambiúlo, alma de outro mundo, e só assim se comprende o vôo em zig-zag, a sua leveza, as cores e a sua preferência pelas flores. Semelhanças com as palavras escritas? Sim... em movimento e à procura de poiso!

Paulo Costa (do planaltobie... agora partilho o blog e assino assim)

125_azul disse...

Que alguém escreva uma carta- declaração de amor com muitas palavras-borboleta para esvoaçarem na sua alma!

katraponga disse...

Até o virar das páginas parece o bater de asas das borboletas... ;)


Já ouviste a Rosie Thomas?

Arion disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Arion disse...

Assim é. Mesmo quando a custo rompem os casulos onde se metamorfosearam nas borboletas que deveras são!

Anónimo disse...

Um conjunto de um,
Bicho-da-seda, que não come

manu disse...

ke horror, tadinhas das borboletas.
falo a sério.
já alguma vez viram os olhos de uma borboleta?