abril 05, 2006

"Moi, j'attends..."


Aspetto ... l'amore
"Io aspetto...
... di crescere
... un bacino prima di dormire
... che arrivi Natale
... che lei mi dica: "Sí".
Aspetto ... un bambino
... che i ragazzi diventino grandi


... che sia lei a chiedermi scusa.
Aspetto ..."

Foi o primeiro livro em que toquei com os olhos em Bolonha e, talvez por isso ( e pelo vermelho certamente ), aquele que mais me prendeu. Literalmente. Conta o fio de uma vida inteira, o fio dos desejos que nos prendem à vida e que nos atam em diálogo ao mundo fora de nós. Assim, iluminamos o preto e branco e podemos seguir.
É um livro especialíssimo, em forma de envelope comercial, magrinho e comprido. O fio de lã vermelha percorre todas as páginas, quente, como na circulação sanguínea...

O original francês é assinado por Davide Cali e Serge Bloch.

9 comentários :

Angela disse...

Moi, J'attend...

...Que seu esperar seja curto e que seus desejos sejam logo atendidos!

125_azul disse...

Aspetto que seja como aspetta!
Beijinho e saudades

Camilla Engman disse...

Hello Dora, it was really nice to meet you (again) :) I hope we will meet again.
You know Ana and I lunched with Serge Bloch at the fair.

a lice disse...

Fiquei com vontade de conhecer o livro!:)

Fábia S disse...

Parece incrível!

greentea disse...

ficamos aspettando pelo livro , aqui.

Salvietta disse...

Il colore rosso ha un potere speciale, ancor di più sulle copertine dei libri! :)

helena disse...

Também achei o livro fantástico! (como tudo o que se consegue tornar simples...)
Descobri que o meu problema é que devo ter dado um nó no meu fio (tenho que ser capaz de desmanchar o nó sem partir o fio...)
Mtos bjs

Carpinteiro disse...

Gostei imenso desta sugestão Dora. O livro parece realmente muito interessante!