maio 24, 2007

__________________ sol

Maria Gabriela Llansol foi distinguida com o Grande Prémio de Romance e Novela da Associação Portuguesa de Escritores com livro amigo e amiga - curso de silêncio . De novo se celebra a qualidade desta escritora, sendo aqui duplo o sentido: "de novo" como continuidade interrupta; "de novo" significando renascer.
Neste prémio, a escritora, a voz única, a obra. Neste prémio, o Amigo (e as Amigas). Neste prémio, a possibilidade da vida.
"ninguém poderá nunca negar a uma mulher, chamada Maria Gabriela Llansol, um poder gigantesco e explosivo e avassalador de criar. A alegria que nos invade ao saber da atribuição deste prémio, não é normal. Não é aquela que teríamos por um amigo ou por nós próprios. A alegria é convocada pela obra. Como se o leitor estivesse dentro da obra e se revisse nela mais facilmente que em si próprio." Mafalda Ivo Cruz

13 comentários :

triliti star disse...

chamar a atenção para tudo o que é cultura é meritório.

a fotografia touxe-me recordações das férias grandes em criança...

.cecilia. disse...

dora, tu blog está lleno de sol!
hace bien pasar por aquí.
desde el otoño
.c.

Azófar disse...

Dora, conselha-me um livro da Llansol, aquele que aches melhor, faz favor... Salud

Cristina disse...

A blogoesfera é mesmo aldeia. Quem diria que a contadora de histórias que a minha filha tanto gostou também tinha um blog? E melhor, que encontrava o nosso?
Já sabe, em Setembro, estamos lá novamente...

Bjos

Cristina

pedroludgero disse...

__________desejoso de regressar aos livros da Llansol(.)

Provavelmente a única escritora (juntamente com Tchékhov) que nos convoca para a sua amizade.

Fernando disse...

Frutos de la luz...hermosos y duraderos que hacen a veces que las palabras se queden pequeñas, mudas, casí ecos de sususrros...abrazos

Frioleiras disse...

É tão bonito ...
tão suave...
sp,
este teu blog !

Bj

F.

Marilaine Lopes disse...

que bom encontrar essa nota aqui. um abraço

inês leal, 31 anos à volta do sol disse...

posso deixar uma sugestão ao Azófar?

eu só li três livros dela, mas o foi do Parasceve que gostei mais.

:)*

inês leal, 31 anos à volta do sol disse...

...sem o "o"...

:)

rachel disse...

uma distinção muito bem entregue!

musqueteira disse...

...vou ler atentamente!

Azófar disse...

Inês, muito obrigado pela sugestão! já vou espreitar na biblioteca.

Dora, já li no meu blogue a tua generosa resposta ao meu pedido. Obrigado mais uma vez. Um abraço.