junho 14, 2006

june storm ( last night )



Primeiro nua, branca e feliz, a luz muitas vezes - em roda de saia inteira, cúpula
( nós dentro dela ).
Depois, o som do fundo grave do céu, enérgico ( ele dentro dela)
... um estremecimento imenso do mundo todo ( e nós dentro dele e ele dentro de nós)
e o fogo risca o céu em flechas e assinala é aqui!
E depois chove.


img. s/a.

7 comentários :

125_azul disse...

É assim a trovoada em noite de lua cheia... beijinhos

kikazinha disse...

oi, aquele livro ali abaixo é do mesmo ilustrador daquele que ganhou o ragazzi Awards em Bolonha no ano passado não é?
O dos Monstres Malades?

Parece-me lindo, gostava muito de ter um.Bjs, ando em retiro....

C.S.A. disse...

A perpétua possibilidade do sagrado que há em cada homem.

UrsaM disse...

Que beleza! Imagem e imagem poética... lindas!

intruso disse...

lindo...
:)

p.s. gostei muito do teu blog, q ainda não conhecia... das imagens e dos teus textos
:)

katraponga disse...

Humm, até me fazes divagar...

Camilla Engman disse...

Hola Dora,
Yesterday I got a magazine for illustrators here in Sweden. Someone had been to the Bologna fair and there was a reportage about it. There was a photo from a lecture, and who was sitting in the front road :) YOU :)
Have a lovely summer. kiss, Camilla