agosto 10, 2006


António do outro lado do Mundo
(texto de Malachy Doyle e il. de Carll Cneut.
Edições Kual)

... porque às vezes é o colo da mãe (ou do pai)
que falta, apesar de tudo o resto.

Uma história de crescer,
sobre ser ( ou não ser ) grande e pequeno,
às vezes ao mesmo tempo, às vezes sem saber.
Para pequenos. Para grandes.
Para os Antónios que conheço, grandes de mundo...

7 comentários :

UrsaM disse...

Ai! que lindo! Fábia precisa ver isto! Para seu Luca, para ela mesma... porque nem só de papinhas se cresce! Colo faz muita diferença...

M. Belo disse...

Há livros para crianças onde quer texto quer imagem são um hino à inteligência da pequenada. Este é um deles! Excelente escolha...

Fábia S disse...

Oi dora, queria tanto, tanto ter ido a Lisboa, estar com a Dulce, contigo e ver as belezas daí, foi por pouco, tentei trem: 24 horas de viagem, só tinha 4 dias para ir, portanto só me sobravam 2 para estar... Achei melhor programar de outra vez. Pena... mas chegará o devido momento.
Bjs

bobi disse...

je ne reconnais pas du tout carll cneut ! comme c'est étrange ! :)

125_azul disse...

Este eu conheço! para engrandecer feliz... Beijinhos

intruso disse...

(bela escolha...)
;)

Anónimo disse...

das montanhas hungaras, quase do outro lado do mundo, beijinho de dois antonios
M. e A.